Genética

Os exames de susceptibilidade genética analisam características genéticas que estão associadas a uma maior predisposição de um indivíduo a determinados fatores com impacto na saúde

Exames de susceptibilidade genética

Os exames de susceptibilidade genética analisam características genéticas que se sabe estarem associadas a uma maior predisposição de um determinado indivíduo a vários factores previamente identificados. 

Seleção e análise dos genes

No nosso protocolo selecionamos polimorfismos genéticos que, quando analisados, dão-nos uma uma indicação mais precisa e individualizada de algumas características que podem ser trabalhadas diretamente para obter melhores resultados e de uma maneira mais rápida.

Decifrando esta informação genética, estamos aptos a aplicar mecanismos externos (como alterações do estilo de vida, suplementos, vitaminas, fármacos) que permitem vários níveis de optimização e/ou apostar na prevenção de algumas patologias para as quais haja uma maior susceptibilidade (e que possam ser trabalhadas no âmbito das nossas consultas) como, a título de exemplo, a Resistência à Insulina, Hipertensão, Osteoporose, e Padrão Inflamatório e Oxidativo.

Desta forma, a nossa equipa médica é capaz de produzir um plano transversal e individualizado com vista a introduzir alterações no estilo de vida, suplementação, introdução de antioxidantes, moduladores e/ou medicamentos que retardam ou eliminam o aparecimento de vários problemas de saúde, sempre que possível. 

Analisa-se também a forma como processamos deficitariamente determinadas vitaminas e outros elementos, possibilitando ao médico prevenir estas carências e, ainda, analisar qual o tipo de exercício mais adequado a cada pessoa.  Isto possibilita mais rendimento num período mais curto de tempo e saber quais os períodos de descanso que devem ser respeitados, bem como o risco de lesões.

Os testes genéticos dizem como vou morrer?

Não. Indicam-nos qual o caminho para melhorar a sua saúde.

Os testes genéticos dizem se vou ter cancro?

Não. Os testes genéticos são de susceptibilidade (probabilidade/risco) e não testes de diagnóstico.

Qual a diferença entre os testes de suscetibilidade e os de diagnóstico?

Os testes de susceptibilidade dão-nos as diretrizes médicas que devemos seguir para implementar um plano de saúde personalizado e multidisciplinar, no sentido de diminuir a probabilidade de determinadas patologias surgirem.

Os testes de diagnóstico pressupõem a existência de uma suspeição clínica e tendem a ser confirmatórios, geralmente apoiados em história familiar. São realizados preferencialmente em hospitais e não no nosso centro.